Isentos de Prescrição

ZIRVIT MULTI

Polivitamínico e Poliminerais

Registro MS:1.1861.0054

ZIRVIT MULTI
» Apresentação:
Comprimidos revestidos: caixa contendo 30 comprimidos revestidos.
» Indicação:
ZIRVIT MULTI (Polivitamínico e Poliminerais) está indicado em casos de deficiências vitamínico-minerais e estados de desnutrição.
» Contraindicação:
Até o momento, tem-se apenas notícia de contraindicações relacionadas à sensibilidade aos componentes da fórmula.
» Precauções:
ZIRVIT MULTI (Polivitamínico e Poliminerais) deve ser administrado próximo às principais refeições (almoço e jantar). A ingestão de ZIRVIT MULTI (Polivitamínico e Poliminerais) seguido por períodos superiores a 1 hora com o estômago vazio pode provocar dores epigástricas e sensação de desconforto abdominal. Pacientes que fazem o uso de levodopa para tratamento da doença de Parkinson devem usar com cautela o cloridrato de piridoxina (vitamina B6) pois este pode interagir com a levodopa, diminuindo o efeito terapêutico. Indivíduos com doença de úlcera péptica ativa, gota, arritmias cardíacas, enxaquecas e alcoolismo podem particularmente ser mais susceptíveis aos efeitos do ácido nicotínico. Pacientes diabéticos podem ter seus níveis de hemoglobinas glicosiladas aumentadas pela suplementação do zinco, e mais susceptíveis aos efeitos do ácido nicotínico. Pacientes em hemodiálise são potencialmente sensíveis ao excesso de cobre. Indivíduos com doença ou disfunção hepática são mais sensíveis aos efeitos do ácido nicotínico e cobre. Aproximadamente de 7 a 10% da população (predominantemente mulheres) são afetadas por dermatites alérgicas ao níquel. Há evidências sugerindo que a ingestão de níquel pode contribuir para a exacerbação de eczema em indivíduos sensíveis. Pacientes com doença renal são particularmente susceptíveis a desenvolverem hipercalcemia quando ingerirem suplementos de cálcio. Indivíduos sem doença renal que tomam diuréticos pode também ter um risco aumentado. Pacientes com absorção ou hipercalciúria renal, hiperparatireoidismo primário e sarcoidose podem ter um alto risco de formação de cálculo renal com a suplementação de cálcio. Indivíduos com pré-existência à doença do trato gastrintestinal ou hepatite crônica têm se mostrado vulneráveis aos efeitos tóxicos do ferro.
 
Não tome medicamentos sem orientação do seu médico.
"A PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO."
 
 
Para mais informações acesse área restrita

  Arese 2013 | Todos os direitos reservados

Trabalhamos pela sua saúde